Lançamento Novo Hyundai I30 2018 – tudo o que você quer saber

Mudou muito, praticamente tudo, exceto a base. Ganhou melhoria com toques alemães, ficou mais seguro e estável para acompanhar o aumento de velocidade, com uma suspensão mais rígida, e também ficou um pouco mais leve. Mas, a plataforma do Hyundai i30 ainda é a mesma do anterior.

Design e Inovação

A estrutura ganhou um reforço de 22% em rigidez, e o peso, ao contrário do que se pode esperar, diminuiu. Os painéis foram todos feitos com estampa quente, e a estrutura recebeu reforços por adesivagem.

No design externo dá para ver o efeito cascada na grade, que recebeu um tratamento tridimensional, mas por dentro a melhoria realmente salta aos olhos. Todo o interior é forrado em um material macio ao toque, melhorando a experiencia do usuário.

O volante está mais confortável que antes, coberto em couro agradável ao tato, foi posicionado num ângulo que permite a direção sem atrito ou conflito com o passageiro mesmo para motoristas mais corpulentos. Um outro destaque é o porta-malas com piso regulável, que no auge de sua capacidade atinge os 395 litros divulgados pela Hyundai.

Não houve muita alteração no espaço interno, o túnel central permanece o mesmo, mas no banco traseiro é possível acomodar sem dificuldades três adultos, que não vão achar complicado entrar e sair do carro, uma vez que as portas abrem de forma mais que suficiente para garantir o conforto no embarque.

Tecnologia e Segurança

Mantendo o equilíbrio entre a tecnologia e a segurança, o carro ganhou um aviso de colisão na frenagem de emergência automática. Tem aviso de ponto cego, ajuda para permanecer na faixa com o sensor de permanência, e ainda um recurso a mais, o monitoramento de cansaço.

Outro ponto a mais para a tecnologia aqui, é a luz alta. Como também é automática, este recurso vai ajudar muitos motoristas a não serem multados pelo esquecimento.

A conectividade também melhorou, agora com duas centrais multimídia, as telas são de cinco ou oito polegadas, do tamanho da maioria das telas de smartphone por ai, o que ajuda na familiaridade do motorista com o uso dos recursos. Vale contar que tem o Apple CarPlay e navegador.

Se o seu celular carrega por indução, este carro já está preparado. O acessório foi embutido no porta-treco do console. Se precisar carregar outros gadgets com entradas USB e tiver deixado seu adaptador comum em casa, sem problemas, o Hyundai I30 tem entrada USB bem ao lado das duas tomadas de 12 volts que ele também disponibiliza.

A direção é mais do que macia, ganhou também alguns ajustes de precisão, está quase perfeito. Tanto para curvas na cidade quanto na estrada. Mesmo nos pisos menos favorecidos, é possível andar confortável graças a suspensão multilink traseira.

Tecnologia do motor

O motor é um turbo, mas o que o motorista vai perceber logo de cara é o silencio. Ele vai de 0 a 100 em pouco mais de 9 segundos, isto no motor 1.4. Para quem tem o cuidado de analisar os números rpm, vale mencionar que acima de 1.500 rpm o torque máximo de 24,6 kgfm, e ele pode acelerar sem medo, porque o i30 aguenta.

Há duas outras versões para o motor no modelo europeu,Mudou muito, praticamente tudo, exceto a base. Ganhou melhoria com toques alemães, ficou mais seguro e estável para acompanhar o aumento de velocidade, com uma suspensão mais rígida, e também ficou um pouco mais leve. Mas, a plataforma do Hyundai i30 ainda é a mesma do anterior.

Design e Inovação

A estrutura ganhou um reforço de 22% em rigidez, e o peso, ao contrário do que se pode esperar, diminuiu. Os painéis foram todos feitos com estampa quente, e a estrutura recebeu reforços por adesivagem.

No design externo dá para ver o efeito cascada na grade, que recebeu um tratamento tridimensional, mas por dentro a melhoria realmente salta aos olhos. Todo o interior é forrado em um material macio ao toque, melhorando a experiencia do usuário.

O volante está mais confortável que antes, coberto em couro agradável ao tato, foi posicionado num ângulo que permite a direção sem atrito ou conflito com o passageiro mesmo para motoristas mais corpulentos. Um outro destaque é o porta-malas com piso regulável, que no auge de sua capacidade atinge os 395 litros divulgados pela Hyundai.

Não houve muita alteração no espaço interno, o túnel central permanece o mesmo, mas no banco traseiro é possível acomodar sem dificuldades três adultos, que não vão achar complicado entrar e sair do carro, uma vez que as portas abrem de forma mais que suficiente para garantir o conforto no embarque.

Tecnologia e Segurança

Mantendo o equilíbrio entre a tecnologia e a segurança, o carro ganhou um aviso de colisão na frenagem de emergência automática. Tem aviso de ponto cego, ajuda para permanecer na faixa com o sensor de permanência, e ainda um recurso a mais, o monitoramento de cansaço.

Outro ponto a mais para a tecnologia aqui, é a luz alta. Como também é automática, este recurso vai ajudar muitos motoristas a não serem multados pelo esquecimento.

A conectividade também melhorou, agora com duas centrais multimídia, as telas são de cinco ou oito polegadas, do tamanho da maioria das telas de smartphone por ai, o que ajuda na familiaridade do motorista com o uso dos recursos. Vale contar que tem o Apple CarPlay e navegador.

Se o seu celular carrega por indução, este carro já está preparado. O acessório foi embutido no porta-treco do console. Se precisar carregar outros gadgets com entradas USB e tiver deixado seu adaptador comum em casa, sem problemas, o Hyundai I30 tem entrada USB bem ao lado das duas tomadas de 12 volts que ele também disponibiliza.

A direção é mais do que macia, ganhou também alguns ajustes de precisão, está quase perfeito. Tanto para curvas na cidade quanto na estrada. Mesmo nos pisos menos favorecidos, é possível andar confortável graças a suspensão multilink traseira.

Tecnologia do motor

O motor é um turbo, mas o que o motorista vai perceber logo de cara é o silencio. Ele vai de 0 a 100 em pouco mais de 9 segundos, isto no motor 1.4. Para quem tem o cuidado de analisar os números rpm, vale mencionar que acima de 1.500 rpm o torque máximo de 24,6 kgfm, e ele pode acelerar sem medo, porque o i30 aguenta.

Há duas outras versões para o motor no modelo europeu, um 1.6 com injeção direta, 16V aspirado de 136 cv e o outro é o 1.0 turbo com 120 cv.

Vale a pena, quando chegar ao Brasil?

O novo Hyundai I30 tem um motor 1.8 só a gasolina, ou seja, você perde a opção de flex que faz a diferença no bolso dos brasileiros, e não tem um consumo dos melhores, ficando na marca de 13,3 na estrada e só 7,6 km/l na cidade.

Parece ainda bastante com o HB20, principalmente na cabine, e alguns itens como ar-condicionado digital e itens eletrônicos só ficam disponíveis em versões mais caras. Um outro ponto que pode incomodar para quem está na dúvida entre ele e o Focus, é a precisão do volante. No Focus esta sensação de retorno dos movimentos é mais exata.

Um ponto a favor, é o porta-malas que é maior que o de seus concorrentes diretos, como o Golf, Cruze e Focus, com 395 litros de espaço.

Ficha técnica

  • Direção
    Elétrica
  • Câmbio
    Automático de 7 marchas e dupla embreagem, tração dianteira
  • Pneus
    225/45  R17
  • Motor
    Dianteiro, transversal, 4 cilindros em linha, 1.4, 16V, duplo comando variável, turbo, injeção direta de gasolina
  • Tanque
    50 litros
  • Porta-malas
    395 litros
  • Peso
    1.315 kg
  • Central multimídia
    5 ou 8 pol., touch
  • Velocidade

De 0 à 100 em 9,2 segundos

Preços

O Hyundai I30 ainda não tem preço de lançamento no Brasil. um 1.6 com injeção direta, 16V aspirado de 136 cv e o outro é o 1.0 turbo com 120 cv.

Vale a pena, quando chegar ao Brasil?

O novo Hyundai I30 tem um motor 1.8 só a gasolina, ou seja, você perde a opção de flex que faz a diferença no bolso dos brasileiros, e não tem um consumo dos melhores, ficando na marca de 13,3 na estrada e só 7,6 km/l na cidade.

Parece ainda bastante com o HB20, principalmente na cabine, e alguns itens como ar-condicionado digital e itens eletrônicos só ficam disponíveis em versões mais caras. Um outro ponto que pode incomodar para quem está na dúvida entre ele e o Focus, é a precisão do volante. No Focus esta sensação de retorno dos movimentos é mais exata.

Um ponto a favor, é o porta-malas que é maior que o de seus concorrentes diretos, como o Golf, Cruze e Focus, com 395 litros de espaço.

Ficha técnica

  • Direção
    Elétrica
  • Câmbio
    Automático de 7 marchas e dupla embreagem, tração dianteira
  • Pneus
    225/45  R17
  • Motor
    Dianteiro, transversal, 4 cilindros em linha, 1.4, 16V, duplo comando variável, turbo, injeção direta de gasolina
  • Tanque
    50 litros
  • Porta-malas
    395 litros
  • Peso
    1.315 kg
  • Central multimídia
    5 ou 8 pol., touch
  • Velocidade

De 0 à 100 em 9,2 segundos

Preços

O Hyundai I30 ainda não tem preço de lançamento no Brasil.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1.587 votes, average: 4,50 out of 5)
Loading...

Add comment